Medicina - Unilago

Hemocentro recebe doações de 100 atiradores do Tiro de Guerra
Alexandre Souza
Estudante do 3º de Jornalismo Unilago

No dia 20 de março, o Hemocentro de Rio Preto ficou lotado em um ato de solidariedade do Tiro de Guerra da cidade. Cerca de 50 atiradores fizeram a doação de sangue e cadastro para a doação de medula óssea e, no dia seguinte, 21 de março, outros 50 atiradores restantes também participaram da ação. A maioria, pela primeira vez. Foi o caso do atirador César, que lembrou a importância da mobilização. “Atualmente a doação é muito importante para a sociedade. Para muitas pessoas é um simples ato de solidariedade, para nós, um dever”, disse o atirador.

“Essa atividade traz aos nossos jovens atiradores o espirito solidário e complementam na formação deles para um futuro melhor de ajuda ao próximo”, afirmou o subtenente Alessandro de Souza Cordeiro.

O Hemocentro é responsável pela coleta de cerca de 40.000 doações/ano, pelos doadores medula óssea e pela distribuição de hemocomponentes na sua região (65.000 transfusões).